13

Grupo de Trabalho da Zona Costeira acompanha denúncias de comunidades no Ceará

Na manhã desta segunda-feira (12/11), a DPU/CE sediou reunião do Grupo de Trabalho Interinstitucional da Zona Costeira. Uma das questões centrais tratadas foram os conflitos em torno da demarcação de terra da Comunidade Quilombola do Cumbe, que fica em Aracati, no litoral leste do estado. A reunião também tratou de novas demandas de povos da zona costeira, a exemplo de ameaças à comunidade de Curral Velho, em Acaraú, cuja área de manguezal é objetivo de disputa por fazendeiros da carcinicultura. O povo indígena Tremembé da Barra do Mundaú (em Itapipoca), Tabubinha e Prainha do Canto Verde (ambas em Beberibe) são outras comunidades que têm sido alvo de constantes intimidações.

Continue Lendo

20

24

EM DEFESA DO ESCRITÓRIO FREI TITO E DA ASSESSORIA JURÍDICA POPULAR

Movimentos sociais populares e entidades de Direitos Humanos estiveram reunidos com a Deputada Rachel Marques, presidenta da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa. Na ocasião entregaram a Carta em defesa do Escritório Frei Tito de Alencar contra a sua precarização e em defesa da Assessoria Jurídica Popular.

Continue Lendo

12

Carta ao Conselho Estadual de Meio Ambiente do Ceará (COEMA)

Um conjunto de organizações da sociedade civil e comunitárias remeteu carta ao presidente Artur Bruno (Secretário de Meio Ambiente do Estado do Ceará) e demais conselheiros/as do COEMA. As organizações questionam a flexibilização ambiental para a implementação dos parques de energia eólica, atual pauta no Conselho, e solicitam o exercício do direito de participação da sociedade civil e comunitária no debate.

Continue Lendo

29

22